24 de out de 2013

Indústria da comunicação: aproximadamente 3,15% do PIB.

Os números são do IBGE, referem-se a 2010, e foram revelados agora pelo presidente nacional da ABAP/Associação Brasileira de Agências de Publicidade, Orlando Marques.

A indústria da comunicação somou mais de R$ 120 bilhões em 2010, dos quais R$ 13.921.618.000,00 em publicidade.

As programadoras de TV Aberta (mais de R$ 21 bilhões), a edição e impressão de livros, jornais, revistas e outras publicações (mais de R$18 bilhões) e operadoras de TV (mais de R$ 14 bilhões) foram os únicos itens à frente da publicidade, num total de 16 quesitos.

Os outros segmentos são: atividade de rádio <> programadoras de TV por assinatura <> impressos publicitários <> comércio atacadista de livros, jornais, revistas e outras publicações <> edição de livros, revistas e outras atividades de edição <>  internet, portais, websites, buscadores e hospedagem <>  pesquisas de mercado <> atividades fotográficas/filmagens <> atividades cinematográficas, vídeos e programas de TV <> feiras, exposições, congressos e festividades <> atividades artísticas, criativas e de espetáculos <> atividades esportivas, exceto clubes sociais.