24 de nov de 2011

Boulevard Shopping ganha mais uma vez o Top de Marketing da ADVB Pará.

Boulevard Shopping, 2010

O Boulevard Shopping acaba de celebrar o seu 2º aniversário de operação e ganha também o seu 2º Top de Marketing da ADVB – Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil, seção Pará.

A equipe da Mendes associa-se às comemorações da equipe do Boulevard.

Parabéns!

22 de nov de 2011

Mendes, 22 anos na frente.

the hot tops

Mendes figura, pelo 22º ano consecutivo, no ranking das Melhores Agências do Brasil – The Hot Tops –, eleitas pela revista especializada “About”, editada em São Paulo, a partir da análise da performance das agências nos últimos dois anos e de suas perspectivas no momento.

Para a seleção das agências, foram empregados, inicialmente, os três critérios tradicionais e eliminatórios que são, segundo “About”:

“Brilho Criativo. A capacidade de realizar propaganda de qualidade superior à média para a maioria de seus clientes, considerando o mercado onde a agência atua, bem como as dimensões e características de suas contas.
Estrutura Profissional. A oferta de um esquema bem armado de atendimento a seus clientes, envolvendo no mínimo as áreas-base da propaganda, como planejamento, pesquisa, criação, produção e mídia. Serviços adicionais como promoção, RP, marketing direto e outros, além de competência no universo digital, também contam pontos.
Postura Ética. A manutenção de um comportamento adequado dentro do padrão ético que regula a propaganda brasileira. Responsabilidade em relação ao cliente e sua verba, bem como postura correta para com veículos, produtoras, fornecedores e profissionais.”
Como nas últimas versões das Hot Tops, duas outras vertentes foram consideradas:
“Ousadia e Inovação. A disposição de ousar nas propostas de solução às necessidades de comunicação dos clientes, além de inovar em termos de estrutura, forma de pensar, processo de criação e realização da comunicação e, até mesmo, no sistema de relacionamento com seus clientes.
Dedicação. O grau de dedicação a seus clientes, com a participação direta dos sócios e/ou principais dirigentes no atendimento e demais atividades da agência.”

AS SETE MAIS.

Em todos estes 22 anos, a Mendes é uma das 7 agências em todo o país, num universo de milhares de empresas, que sempre estiveram em todos os rankings de The Hot Tops:

Ø AlmapBBDO.

Ø DPZ.

Ø Italo Bianchi.

Ø Mendes.

Ø Ogilvy.

Ø Talent.

Ø WMcann.

Italo Bianchi é pernambucana, Mendes é paraense, as demais têm sede em São Paulo.

21 de nov de 2011

Liberdade ou vulgaridade?

Reproduzimos o artigo de nosso amigo e cliente João Augusto Rodrigues, diretor do Grupo Líder/Magazan, publicado no último sábado em O Liberal.

O artigo merece ser lido, e suas palavras refletidas por todos.

Nós, da Mendes, não só concordamos com ele como assinamos embaixo.

“Em nome da liberdade de expressão, um valor sagrado nas democracias, onde efetivamente se fazem valer os interesses coletivos e os direitos individuais, estamos assistindo, até com certo aturdimento, um mergulho de parcela da humanidade, aqui e lá fora, no que é um abismo de mau gosto, de grosseria, de ignorância e boçalidade. Poderíamos ir mais longe, mas fiquemos com apenas três casos, mais recentes e (no meu entendimento) emblemáticos do mundo equivocado pelo qual, com muito gosto de algumas pessoas, estamos enveredando.

Recentemente tivemos o caso de um famoso humorista, astro de um programa com grande audiência na televisão, que se referiu de forma grosseira e insultuosa a uma cantora, também famosa, e ao filho que ela carrega no ventre. Para determinada corrente de opinião, que abriga os mais “progressistas” e “descolados”, o comediante estava apenas fazendo graça. Não estava. Querendo fazer humor, ele foi apenas obsceno e indecoroso.

Outro assunto em evidência, e também muito controvertido, é o debate que vem se travando no Brasil, já há algum tempo, sobre a legalidade dos atos públicos programados para diversas capitais e grandes cidades brasileiras em defesa da descriminalização da maconha. Esta semana, pacificando a questão e pondo fim à polêmica que vinha se prolongando há mais de um ano, o Supremo Tribunal Federal decidiu, também em nome da liberdade de expressão, que passa a ser livre a chamada “marcha da maconha”.

Bom, aí temos que passa a ser livre a defesa de uma prática que é tipificada como crime no Código Penal. Já não podemos reclamar, nem mesmo nos espantar, quando e se outros grupos passarem a reivindicar o direito de defender, em vias públicas, novas ações criminosas. Se é livre o direito de marchar em defesa da maconha, por que não haverá de sê-lo também em defesa da cocaína, do crack e outros entorpecentes? E mais: se a liberdade de expressão pode tudo, quem pode garantir que não possamos vir a ter em pouco tempo manifestações de rua em defesa do latrocínio, do assassinato, do estupro e da pedofilia? Afinal, se pode a defesa pública um crime, por que não pode a defesa outro, se a todos se aplica o mesmo pretexto da liberdade de expressão?

Os dois casos, pelo menos no meu entendimento, tentam impor conceitos e valores que são contrários não somente à nossa cultura e à nossa formação, mas também ao bom senso e às regras de civilidade e de convívio social sob o amparo da lei. E o que dizer, agora, da campanha publicitária de uma famosa griffe de roupa que pôs no ar imagens simulando beijos com roçar de lábios entre grandes líderes mundiais?

Que sentido pode fazer, por exemplo, a simulação de um beijo entre o líder da ANP (Autoridade Nacional Palestina), Mahmoud Abbas, e o premiê israelense, Binyamin Netanyahu, justo num dos momentos mais delicados de uma crise diplomática que se arrasta há décadas? Ou, ainda, entre os presidentes americano Barack Obama e o venezuelano Hugo Chávez? Ou, para ficar só nestes, entre o papa Bento XVI e Ahmed Mohamed el Tayeb, imã da mesquita de Al Azhar no Cairo?

Tentar, como fez a empresa, justificar as imagens como singela expressão de paz é apenas uma bobagem praticada de má fé. Isso não é liberdade de expressão, mas tão somente apelação e vulgaridade. Que vergonha!”

Marca do Prêmio ORM/ACP no livro “Logo 2.0”.

Impressão

O estudo da logomarca do Prêmio ORM/ACP foi selecionado pelo editor norte-americano David E. Carter para figurar nas páginas do seu próximo livro, de título “Logo 2.0”, a ser lançado no início de 2012.

David E. Carter é um editor especializado em livros de comunicação, responsável pelo lançamento de algumas das obras mais significativas do segmento e que não podem faltar na biblioteca de nenhum profissional, estúdio ou agência de propaganda.

O novo livro, “Logo 2.0”, é uma seleção de marcas que tenham passado por um processo de redesign, caso da marca do Prêmio ORM/ACP.

Essa seleção juntou marcas criadas em todos os continentes.

Para a Mendes é um orgulho muito grande figurar mais uma vez em uma das obras do editor David E. Carter, um dedicado e persistente pesquisador da criatividade publicitária internacional.

14 de nov de 2011

Natal dos seus sonhos Boulevard Shopping.

O Boulevard Shopping lançou, neste final de semana, a sua campanha de Natal, composta de comerciais de televisão e rádio, anúncios de jornal e material promocional, para o interior do shopping.

A campanha, criada pela Mendes, tem como estrela a atriz global Carol Castro.

O Boulevard vai sortear 2 carrões: um Mini Cooper One e um BMW X1.

O material de rádio e TV foi produzido pela Imagem, e as fotografias por Walda Marques.

Reproduzimos o anúncio de jornal de lançamento e o primeiro de uma série de três comerciais de televisão.



Mais finalistas do Prêmio Diário do Pará de Publicidade.

anuncio 2 dupla pag BELEM I diario.indd

Anúncio Calçados SR e SRA.indd

A Mendes emplacou mais dois anúncios como finalistas do II Prêmio Diário do Pará de Publicidade.

O anúncio do lançamento da expansão do Boulevard Shopping, na categoria institucional, e o do Magazan, na categoria de varejo.

A grande final ocorrerá em dezembro.

10 de nov de 2011

Importadora. Líder em vendas Chevrolet no Pará.

Anúncio Pra Arrasar.indd

Só quem é líder pode fazer uma promoção como essa, de arrasar!

O anúncio publicado hoje, em O Liberal, apresenta inúmeras ofertas imperdíveis Chevrolet.

O melhor de tudo é que o comprador ainda concorre a 100 viagens para Orlando.

A promoção é por muito pouco tempo: só vai até o dia 15/11.

7 de nov de 2011

Unama prorroga o prazo das inscrições do Vestibular 2012.

Anúncio 4x20_diario.indd

A Unama/Universidade da Amazônia prorrogou, até amanhã, o prazo para as inscrições no seu Vestibular 2012.

Você ainda tem tempo de estudar na Universidade que faz toda a diferença.

O anúncio que ilustra esta notícia foi publicado ontem nos jornais da cidade.

1 de nov de 2011

Mais uma turma da UNAMA visita a Mendes

DSC03307

Trazidos pelo Professor Charles Benigno, os alunos do 4º ano de Publicidade e Propaganda da Universidade da Amazônia/UNAMA vieram ver como funciona uma Agência de Comunicação, conhecendo todos os departamentos da Mendes e parando na Biblioteca, onde foram fotografados e tiveram ocasião de conhecer algumas das muitas preciosidades da memória da propaganda em terras paroaras.

Posa com os estudantes o Thiago Mendes, da equipe da Mendes.