22 de nov de 2011

Mendes, 22 anos na frente.

the hot tops

Mendes figura, pelo 22º ano consecutivo, no ranking das Melhores Agências do Brasil – The Hot Tops –, eleitas pela revista especializada “About”, editada em São Paulo, a partir da análise da performance das agências nos últimos dois anos e de suas perspectivas no momento.

Para a seleção das agências, foram empregados, inicialmente, os três critérios tradicionais e eliminatórios que são, segundo “About”:

“Brilho Criativo. A capacidade de realizar propaganda de qualidade superior à média para a maioria de seus clientes, considerando o mercado onde a agência atua, bem como as dimensões e características de suas contas.
Estrutura Profissional. A oferta de um esquema bem armado de atendimento a seus clientes, envolvendo no mínimo as áreas-base da propaganda, como planejamento, pesquisa, criação, produção e mídia. Serviços adicionais como promoção, RP, marketing direto e outros, além de competência no universo digital, também contam pontos.
Postura Ética. A manutenção de um comportamento adequado dentro do padrão ético que regula a propaganda brasileira. Responsabilidade em relação ao cliente e sua verba, bem como postura correta para com veículos, produtoras, fornecedores e profissionais.”
Como nas últimas versões das Hot Tops, duas outras vertentes foram consideradas:
“Ousadia e Inovação. A disposição de ousar nas propostas de solução às necessidades de comunicação dos clientes, além de inovar em termos de estrutura, forma de pensar, processo de criação e realização da comunicação e, até mesmo, no sistema de relacionamento com seus clientes.
Dedicação. O grau de dedicação a seus clientes, com a participação direta dos sócios e/ou principais dirigentes no atendimento e demais atividades da agência.”

AS SETE MAIS.

Em todos estes 22 anos, a Mendes é uma das 7 agências em todo o país, num universo de milhares de empresas, que sempre estiveram em todos os rankings de The Hot Tops:

Ø AlmapBBDO.

Ø DPZ.

Ø Italo Bianchi.

Ø Mendes.

Ø Ogilvy.

Ø Talent.

Ø WMcann.

Italo Bianchi é pernambucana, Mendes é paraense, as demais têm sede em São Paulo.