28 de jul de 2010

Ananindeua e Belém, no ranking das cidades brasileiras campeãs em despesas com alimentação.

Saiu no “Supermercado Moderno”, editada há 41 anos, considerada uma das bíblias dos supermercadistas brasileiros: o ranking das 50 cidades brasileiras campeãs em despesas com alimentação inclui Belém e Ananindeua.

A média brasileira da participação da alimentação sobre consumo total é de 14%.

A média de Ananindeua é de 20,9%.

E a de Belém, 18,6%.

São as duas cidades com maior média no ranking das 50 maiores.

Brasília é a cidade com média mais baixa: 8%.

No quesito “Capacidade de consumo de alimentação por domicílio” (R$), Belém ocupa o 10º lugar – mais de R$ 3 bilhões, e Ananindeua o 3º - mais de R$ 985 milhões.

A interessante pesquisa de “Supermercado Moderno” lista também os estados com maiores oportunidades para abertura de lojas.  São Paulo e Pará são os estados que não comportam mais lojas (supermercados), “pois o potencial de gastos de cada um é 0,9 vez inferior à receita/checkout das lojas existentes”.

Mais detalhes, ler a edição de julho de “Supermercado Moderno”.