20 de set de 2011

A corda do Círio.

A existência de um dos maiores ícones do Círio de Nazaré, a corda, está ameaçada.

A cada ano, na ânsia de os romeiros levarem um pedaço dela como recordação, a corda é cortada mais cedo, desatrelando-a da Berlinda e atrasando a procissão.

Além do perigo que o ato representa para os romeiros, à medida que alguns levam facas e estiletes, pode-se acabar com uma tradição de 156 anos.

Por isso, a Arquidiocese de Belém, os Padres Barnabitas e a Diretoria da Festa de Nazaré estão veiculando uma campanha de conscientização, criada voluntariamente pela Mendes.

Veja os anúncios de jornal e assista ao comercial de TV. Existe, ainda, spot de rádio.

Os veículos de comunicação, sem exceção, são parceiros na campanha, à medida que cederam tempo e espaço para veiculação das peças.